1.6 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Vários candidatos para suceder a Bento XVI

Clique para ampliar Vários cardeais católicos europeus, incluindo o arcebispo de Milão Angelo Scola, e vários latino-americanos, entre eles o brasileiro Odilo Pedro Scherer, arcebispo de São Paulo, estão entre os possíveis sucessores de Bento XVI, que anunciou esta segunda-feira a sua resignação.

Especialistas, canonistas e observadores, numa recolha da revista espanhola Iglesia, apontam também como um dos fortes candidatos o responsável da Congregação de Bispos desde junho de 2010, o canadiano Marc Ouellet.

Revistas especializadas, incluindo o semanário católico inglês The Tablet, e alguma imprensa italiana, começaram, já em 2011, a publicar artigos sobre os possíveis sucessores de Bento XVI, dando conta da idade avançada e do estado de saúde do pontífice, eleito em 2005. O número 1024 do Código da Lei Canónica determina que qualquer homem batizado é elegível para o cargo mas, desde 1378, o papa tem sido sempre eleito entre os membros do Colégio de Cardeais.

Independentemente de quem seja eleito, as regras do próximo conclave determinam também que o futuro papa terá que contar, necessariamente, como um apoio dos cardeais.

João Paulo II tinha alterado as regras do conclave para permitir uma eleição por maioria simples mas Bento XVI alterou as regras, pouco depois de ser eleito, recuperando o modelo tradicional que requer uma maioria de dois terços. Analistas antecipam que, nas apostas sobre a sucessão, o debate se centre – como ocorreu antes da escolha de Bento XVI – na divisão entre os que favorecem um sucessor europeu e os que apostam num candidato de fora da Europa, nomeadamente América Latina ou África.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/varios-candidatos-para-suceder-a-bento-xvi

Artigos relacionados

Últimos artigos