2.4 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Um Jardim de talento no leão versão B

Clique para ampliar Equipa repleta de jovens esteve a perder (1-3), conseguiu a recuperação para 3-3 e foi mais feliz na lotaria. Mas fez por merecer, em grande exibição coletiva.

O Sporting venceu a 65ª edição da Taça de Honra da AF de Lisboa, num triunfo sobre o Estoril nos penáltis (7-6), depois de um jogo eletrizante, em que o Sporting ultrapassou as melhores expectativas e surpreendeu um adversário de primeira, com mais ritmo e experiência, mas incapaz de aguentar a espetacular reação leonina no segundo tempo (o resultado passou de 3-1 para 3-3).

O início de jogo do Sporting foi muito prometedor, com o ponta de lança Betinho a marcar aos 3’, perante Vagner, macio na abordagem. A equipa jogou personalizada e o opositor acusou nervosismo e alguma surpresa pela maneira desinibida como os leões se apresentaram.

Mas com o tempo (1.ª parte) vieram ao de cima os maiores argumentos físicos, táticos e também técnicos dos jogadores da Linha. O cruzamento perfeito de João Pedro Galvão para o empate de Rúben Fernandes (1-1) teve o efeito de relançar o jogo, mas sobretudo de serenar o Estoril.

O Sporting sentiu o golo e teve pouco tempo para se recompor, até porque sofreu o segundo cerca de cinco minutos depois, novamente no coração da área.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/sporting/um-jardim-de-talento-no-leao-versao-b

Artigos relacionados

Últimos artigos