1.6 C
Bruxelas
4 Dezembro 2022

Um dos “indignados” de Madrid ganhou 1,3 milhões na lotaria

Clique para ampliar Um homem de 34 anos que estava há vários dias acampado na Porta do Sol, em Madrid, para protestar contra o sistema político e o desemprego, recebeu nesta segunda-feira uma notícia que irá mudar a sua vida: ganhou 1,3 milhões de euros na lotaria.


O sorteio da lotaria “La Primitiva” foi no sábado, mas só esta segunda-feira o homem de 34 anos, um dos “indignados” que há vários dias estiveram acampados na Porta do Sol, recebeu a boa notícia. Ganhou 1,3 milhões de euros, segundo o serviço de apostas na Internet Serviapostas.

O Serviapostas não conseguiu contactar antes com o vencedor, porque este se encontrava na praça em Madrid e aparentemente incontactável, adiantou o diário espanhol ABC. “Quando esta manhã o contactámos ficou incrédulo. Tivemos de dizer-lhe para consultar a sua conta na Internet para confirmar”, contou Sascha Badelt, director do Serviapostas.

O vencedor já era um jogador habitual da lotaria, desde 2007, mas há dois meses resolveu cancelar a sua conta, alegadamente por questões económicas. Voltou a apostar na passada quinta-feira, e desta vez a sorte esteve do seu lado.

Os problemas económicos terão agora terminado e o vencedor deverá pôr em prática o projecto que tinha para a criação de uma empresa, o qual ainda não tinha avançado por falta de dinheiro. Badelt considerou que é uma grande satisfação poder entregar prémios e que “essa alegria multiplica-se” quando se sabe que o vencedor tem dificuldades económicas.

Desde 15 de Maio que milhares de pessoas, sobretudo jovens, têm protestado na praça mais emblemática de Madrid contra o desemprego, que afecta cerca de 20 por cento das pessoas em Espanha, e a “corrupção” na classe política. O protesto alastrou a outras cidades espanholas e em Madrid e Valência chegou a haver confrontos com a polícia.

Bomdia.lu

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos