16.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Turquia:”Isto não é uma primavera turca”

Clique para ampliar O primeiro-ministro, Tayyip Erdogan, apelou à calma e assegura que o país não vive uma revolução como as que desde 2010 abalam o mundo árabe.

O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, acusou ontem os manifestantes que há quatro dias semeiam o caos em Istambul e outras cidades da Turquia de andarem “de braço dado com terroristas”, e alertou: “Isto não é uma primavera turca”. A acusação de Erdogan ameaça incendiar mais ainda a ira dos manifestantes, que exigem a demissão de um governo que consideram ditatorial.

De partida para uma visita oficial ao Norte de África, Erdogan acusou “extremistas” da Oposição de manipularem as manifestações de uma minoria de pessoas. E, num sinal claro de que não pretende recuar, pediu calma e assegurou: “Tudo isto será superado.”

O foco dos protestos de ontem em Istambul foi uma vez mais a praça Taksim, situada num dos bairros mais cosmopolitas da cidade. Os protestos alastraram às margens do Bósforo, onde os manifestantes montaram barricadas de lixo, que causaram engarrafamentos. No bairro de Besiktas foi cercada a sede do governo na cidade. “Aconteça o que acontecer, não há volta atrás”, lia-se em cartazes.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/turquiaisto-nao-e-uma-primavera-turca

Artigos relacionados

Últimos artigos