20.3 C
Bruxelas
15 Agosto 2022

Trio de ataque e banco de luxo

Clique para ampliar O Benfica cumpriu ontem com facilidade e algum espetáculo a passagem aos ‘quartos’ da Taça de Portugal, com uma goleada por 6-0, a segunda maior no estádio inaugurado em 2003, sobre um D. Aves demasiado tenrinho e desconcentrado.

Jorge Jesus apresentou uma equipa mista, com jogadores menos rodados nesta temporada, mas com prestígio e valor internacional reconhecido para poderem ser considerados reservistas, como Gaitán, Bruno César, Nolito ou Rodrigo.

A noite foi do trio de avançados, autênticas aves de rapina, com a dupla Cardozo e Rodrigo a entender-se na perfeição no aproveitamento dos erros defensivos da equipa nortenha, que teve um péssimo desempenho defensivo, apesar de ser a segunda equipa menos batida da II Liga, onde ocupa a 3ª posição, em lugar de subida.

Depois de Rodrigo ter inaugurado o marcador logo aos 5 minutos, numa finalização oferecida por Gaitán, Cardozo apontou o terceiro hat-trick em menos de um mês, entre os 18 e os 32 minutos de jogo. O 2-0 foi oferecido pelo defesa Romeu, num mau atraso ao guarda-redes, e os dois seguintes apontados de cabeça após excelentes cruzamentos de Rodrigo, do lado direito.

No segundo tempo, por lesão de Jardel, Jesus teve de adaptar Matic a central, denotando algumas dificuldades, e o Aves podia ter apontado, pelo menos, um golo, negado por Artur a Rabiola, que cabeceou sem oposição no centro da área (65).

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/benfica/trio-de-ataque-e-banco-de-luxo

[ Jorge Jesus admite baixas no plantel ]

Artigos relacionados

Últimos artigos