20.3 C
Bruxelas
15 Agosto 2022

Tarde de confrontos violentos no Rio de Janeiro

Clique para ampliar Manifestação à porta da Câmara Municipal acabou em confrontos violentos com a polícia, alastrando ao centro da capital carioca.

A cidade brasileira do Rio de Janeiro viveu terça-feira mais um dia de confrontos entre manifestantes e a polícia, que começaram a meio da tarde, hora local, início da noite em Lisboa, e se prolongaram até à madrugada desta quarta-feira. Pelo menos 17 pessoas foram detidas e várias dezenas ficaram feridas.

Os confrontos começaram na Cinelândia, no centro da cidade, quando uma multidão de professores municipais em greve tentou entrar na Câmara Municipal para assistir à votação de um projeto de lei sobre cargos, carreira e salários da categoria. Os docentes estão contra a proposta, que acabou por ser aprovado pelos vereadores. Um forte contingente policial fez várias barreiras para tentar evitar o avanço da multidão. Perante as investidas dos professores, os agentes atiraram dezenas de bombas de gás contra eles.

Com isso, a multidão fragmentou-se momentaneamente e os confrontos espalharam-se pelas ruas adjacentes, com efetivos da polícia de choque a tentar dispersar os manifestantes. Muitos prédios foram atingidos pelas bombas de gás e, mesmo dentro da Câmara, os trabalhos chegaram a ser interrompidos por cenas cenas de histeria entre funcionários e pela violência em redor do edifício.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/tarde-de-confrontos-violentos-no-rio-de-janeiro

Artigos relacionados

Últimos artigos