2.6 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Subsídio de 750€ a 4 governantes

Clique para ampliar Ajudas de custo para alojamento foram atribuídas aos secretários de Estado: Berta Cabral, João Grancho, Nuno Vieira e Brito e Fernando Alexandre.

O primeiro-ministro, Passos Coelho, atribuiu subsídio de alojamento a quatro secretários de Estado, com efeitos retroativos à data de posse. São cerca de 750 euros mensais para pagar a casa em Lisboa, uma média diária de 25 euros, ou seja, mais de 20 mil euros contabilizados desde a entrada em funções.

Os contemplados com o beneplácito do Ministério das Finanças foram: Berta Cabral, secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional, Fernando Alexandre, secretário de Estado Adjunto do ministro da Administração Interna, Nuno Vieira e Brito, secretário de Estado da Alimentação e da Investigação Agroalimentar, e João Grancho, secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário. Este subsídio, que data de 1980, é atribuído a quem não tem residência permanente em Lisboa num raio de 150 quilómetros, como é o caso de Berta Cabral, com residência permanente nos Açores ou João Grancho, no Porto.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/subsidio-de-750-a-4-governantes

Artigos relacionados

Últimos artigos