25.5 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Sporting volta a perder mas Couceiro acredita

Clique para ampliar O treinador do Sporting negou que a equipa tivesse “hipotecado” a possibilidade de atingir o terceiro lugar na Liga de futebol, depois da derrota em casa (1-0) frente ao Vitória de Setúbal, em jogo da 29.ª jornada.


José Couceiro sublinhou que o Sporting tem “a responsabilidade de ganhar” na última jornada, na visita ao Sporting de Braga, adversário direto na luta pelo terceiro lugar no campeonato, que dará acesso ao ”play-off” da Liga Europa.

“Temos menos um resultado. O Sporting de Braga tem mais um ponto e o jogo em Braga seria sempre uma final. Pensámos que íamos com um empate de vantagem, mas será diferente”, afirmou José Couceiro.

O treinador, que se despediu do comando técnico do Sporting com a quinta derrota sofrida pela equipa em casa no campeonato, justificou o desaire por falta de eficácia.

“Temos uma primeira parte em que controlámos a bola e o jogo. Tivemos algumas oportunidades e não conseguimos concretizar. Na segunda, sofremos um golo infantil, deixámos o jogador sozinho”, analisou.

Por isso, José Couceiro sustentou que o Sporting necessita de “ser um equipa mais eficaz”, argumentando que “essa é uma preocupação a corrigir”.

Couceiro, que regressará após o termo do campeonato às funções de diretor desportivo do Sporting, disse ainda que não se pode tirar qualquer conclusão do facto do guarda-redes Rui Patrício ter sido o último jogador a recolher aos balneários e, em jeito de despedida, ter agradecido aos sócios.

“Não me parece. A nossa massa associativa é fantástica e penso que os jogadores fazem bem em agradecer o apoio. Hoje, é bem melhor a relação que Rui Patrício tem com a massa associativa, ao contrário de uns tempos atrás”, limitou-se a afirmar.

A contrastar com o semblante algo pesado de José Couceiro, Bruno Ribeiro considerou que o triunfo no estádio José de Alvalade “foi a vitória de época” e valeu a permanência na Liga.

“Pelo futebol que jogámos demonstrámos que o Vitória podia ter estado a salvo da descida há muito tempo”, disse o treinador do clube sadino, enaltecendo “os excelentes profissionais” da equipa.

Bruno Ribeiro disse ainda que não está preocupado na continuidade no comando técnico do Vitória de Setúbal.

“Não é um problema para mim. Todos sabem que estou aqui pelo Vitória”, referiu.

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos