3.4 C
Bruxelas
5 Dezembro 2022

Sócrates visto por mais de 1,6 milhões

Clique para ampliar Entrevista com o ex-primeiro-ministro foi o programa mais visto na quarta-feira.

A entrevista de José Sócrates à RTP 1 foi o programa mais visto na quarta-feira, registando uma média de 1 613 800 telespectadores. O programa ‘José Sócrates, o Fim do Silêncio, conduzido por Paulo Ferreira, diretor de informação da RTP, e Vítor Gonçalves, registou um share de 30,1%.

De resto, a entrevista, que começou às 21h07, ‘arrastou o ‘Telejornal para um dos seus melhores resultados do último ano. O espaço de informação foi seguido por uma média de 1 299 200 espectadores, com um share de 26,3%.

O canal público fechou o dia com uma share de 17,9%, um dos seus melhores resultados desde que a GfK começou a media audiências em Portugal, em março de 2012. Mesmo assim, insuficiente para bater a TVI, com 21,1%, e a SIC, com 20,2%.

Sócrates acusa conspiração em Belém

O ex-primeiro-ministro, José Sócrates, não teve meias medidas a considerar esta quarta-feira, na RTP1, que o Presidente da República, Cavaco Silva, não tem “autoridade moral” para o acusar de deslealdade institucional. Mais, acusou Belém de estar na origem de uma “conspiração organizada” contra o seu governo em 2009.

Sócrates disse: “Não reconheço nenhuma atitude moral para dar lições de solidariedade institucional”, numa resposta a Cavaco Silva.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/socrates-acusa-conspiracao-em-belem

Sócrates: “Nem candidato a Belém, nem a cargo político nenhum”

O ex-primeiro-ministro José Sócrates disse esta quarta-feira na RTP1 que o seu regresso não está associado à ambição de ser candidato a Belém. E justificou o quebrar do silêncio porque tem o direito “de tomar a palavra” contra “narrativas” que o atacam. E não houve oposição a essa “narrativa”.

“Nem candidato a Belém, nem a cargo político nenhum”, afirmou José Sócrates em entrevista à estação pública.

Em várias respostas justificativas, Sócrates disse:”Há políticos que o acusam de tudo, mas acham que não tenho direito de responder”.

José Sócrates acredita que o seu único desejo é “participar no debate público”, mas procura ao mesmo tempo defefender a imagem. “Compreendo a atitude do PS após eleição do novo líder no entanto deixou que os meus opositores me atacassem”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/socrates-nem-candidato-a-belem-nem-a-cargo-politico-nenhum

Artigos relacionados

Últimos artigos