25.5 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Sexo e dinheiro fácil em Cannes (vídeo)

Clique para ampliar Em ‘Jovem e Bonita, uma adolescente gere negócio de prostituição na net.

A prostituição de luxo continua a marcar o festival de Cannes. O negócio milionário de sexo e dinheiro fácil foi revelado em 2007, quando o negociante libanês Elie Nahas foi preso e deportado por levar dezenas de acompanhantes para a região. As raparigas frequentam quartos de hotel, iates e vilas, ganhando entre quatro e 40 mil dólares (três mil a 31 mil euros) numa só noite. “É o maior pagamento do ano”, refere uma das acompanhantes ao ‘Hollywood Reporter, jornal que agora publicou um artigo que expõe o negócio altamente lucrativo da prostituição de luxo no festival.

Entre as acompanhantes que chegam a Cannes de Nova Iorque, Paris e Londres, entre outros locais, estão modelos e mesmo atrizes de Hollywood.

Na altura, Nahas afirmou que “toda a gente sabe o que se passa durante o festival de Cannes. É um negócio que dura há 60 anos”. O próprio crítico Roger Ebert, recentemente falecido, referiu em 2010 no Twitter que “as prostitutas dão nas vistas em Cannes. E percebe-se quem são porque estão bem vestidas e não fumam”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/lazer/cultura/sexo-e-dinheiro-facil-em-cannes

Artigos relacionados

Últimos artigos