18.4 C
Bruxelas
16 Agosto 2022

Sem pernas para a Europa

Clique para ampliar A Académica despediu-se da Liga Europa, com um empate (1-1) frente ao Plzen, da Rep. Checa.

Os estudantes revelaram dificuldades desde o início, não se encontrando com o futebol apoiado e de pressão a meio–campo exercido pelos visitantes. Descaracterizada, a formação de Coimbra viu Ricardo evitar, por duas vezes, que o Plzen chegasse ao golo. Primeiro, aos 40’, numa saída com os pés e, logo a seguir (44’), numa fantástica defesa em voo.

Estas oportunidades não serviram de aviso aos pupilos de Pedro Emanuel, que continuaram a não encontrar antídoto para a estratégia dos checos, que apostavam num futebol apoiado e recuperavam muitas bolas a meio-campo. E foi sem surpresa que Horvath, um veterano de 37 anos que já passou pelo Sporting, marcou aos 57’, de penálti, a castigar uma falta, duvidosa, de João Dias sobre Stipek.

O figurino de jogo da Briosa só se alterou com a entrada de Cissé (69’). Edinho passou a ter mais apoio e as oportunidades surgiram. A equipa apostou mais nas faixas laterais e foi precisamente numa insistência pela direita que Cissé sofreu penálti (86’). Edinho fez o 1-1, mas já era tarde para continuar a sonhar com os ‘16-avos’ da segunda prova da UEFA.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/desporto/sem-pernas-para-a-europa

Artigos relacionados

Últimos artigos