17.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Salles e Carax: Mais loucuras de Cannes

Clique para ampliar O brasileiro Walter Salles apresentou em competição uma correcta aproximação ao conteúdo do livro Pela Estada Fora, de Jack Kerouac. E Leos Carax (na foto) respondeu com o muito louco Holy Motors, explica o jornal Público.

Como não podia deixar de ser, On The Road é mesmo um filme em movimento, com muito sexo, drogas e… algum jazz. E suportado por um elenco de grandes estrelas, ainda que confinadas a papéis secundários.

Nos protagonistas temos Sam Riley (o Ian Curtis de Control) e, sobretudo, Garrett Hedlund (Tron), respectivamente nos papéis ficcionados dos poetas eatnic Jack Kerouac e o seu inseparável amigo Neal Cassady.

Apesar de ser um filme de homens, contamos com a presença muito sexy de Kristen Stewart (Twilight) e Kirsten Dunst, à vez amantes da personagem de Hedlund. Na cena mais audaz do filme, vemos Stewart simular uma masturbação aos dois amigos.

Entretanto, no serão anterior vimos Holy Motors, o verdadeiro ovni que o francês Leos Carax trouxe a Cannes. Não é um filme acessível, ainda que muito louco e, até, divertido.

Seguimos um dia na vida de Oscar (Denis Lavant), desde que sai na sua limusina para mais um dia de trabalho onde habitará quase uma dezena de personagens diferentes.

Desde uma velha pedinte, passando por um especialista em motion capture, um acordeonista ou um assassino, entre outros.

Pelo caminho encontrará Eva Mendes e Kylie Minogue, em breves aparições. Holy Motors é mesmo louco. E mostra ainda macacos num agregado familiar e até uma animada discussão entre um grupo de… limusinas. Cannes aplaudiu muito.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos