18.8 C
Bruxelas
19 Agosto 2022

Restam 32 mil leões no continente africano

Clique para ampliar A população de leões em África está reduzida a 32 mil animais, uma quebra brutal face aos 100 mil que existiam há 50 anos, revelou um estudo de investigadores norte-americanos publicado na revista científica “Biodiversity and Conservation”.

Os leões que deambulam pelas savanas de África perderam até 75% do seu habitat nos últimos 50 anos, na sequência do aumento da densidade populacional nestes territórios, refere o estudo.
A redução foi mais pronunciada na África Ocidental, em países como Guiné-Bissau, Nigéria, Mali, Costa do Marfim, Senegal ou Burkina Faso.

“O número de leões caiu abruptamente durante o século passado. A situação na África Ocidental é particularmente terrível, sem registo de grandes grupos [destes animais] e a espécie ausente de muitos dos parques nacionais da região”, refere o documento.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/restam-32-mil-leoes-no-continente-africano

Artigos relacionados

Últimos artigos