18.8 C
Bruxelas
19 Agosto 2022

Renato Seabra vai a julgamento daqui a dois meses

Clique para ampliar O jovem português Renato Seabra, acusado do homicídio do colunista social Carlos Castro em Nova Iorque, vai ficar pelo menos mais dois meses a aguardar julgamento.

Em nova audiência no tribunal de Nova Iorque, o juiz-chefe Michael Obus, relegou para 23 de Julho uma decisão sobre o início do julgamento, mas o advogado de defesa de Seabra, David Touger, afirma ser “improvável” um arranque antes de Setembro.

“Como nos últimos 2 meses, estamos à espera de uma data para o julgamento, mas não conseguimos”, disse o advogado após a sessão em tribunal.

Na sessão anterior, o juiz Charles Solomon remeteu o caso para o juiz-chefe, defendendo que o caso de Carlos Castro deve ter prioridade sobre outros em que a procuradora pública Maxine Rosenthal está envolvida, fixando como objectivo que o julgamento de Seabra tenha lugar em Julho.

Em anteriores audiências do caso, Solomon tinha apontado Abril ou maio como horizonte para arranque do julgamento, que deverá durar entre 2 e 3 semanas.

Com o jovem português sentado junto a Touger e a sua mãe na audiência acompanhada de uma amiga, procuradora e defesa discutiram hoje a questão com Michael Obus, juiz que teve recentemente em mãos o caso de Dominique Strauss-Khan.

O advogado de defesa afirma “esperar” que o julgamento possa arrancar em Setembro, mas que está pronto para começar antes, se o juiz assim determinar.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos