21.2 C
Bruxelas
15 Agosto 2022

PS: Primeiro-ministro “perdeu o sentido da realidade”

Clique para ampliar O líder parlamentar do PS considerou esta terça-feira que o primeiro-ministro “perdeu o sentido da realidade” e instou Passos Coelho a assumir que as suas políticas “falharam rotundamente”.

“O senhor primeiro-ministro perdeu o sentido da realidade. Hoje ao mesmo tempo que o ouvimos dizer que Portugal não precisava de mais tempo, nem de mais dinheiro para cumprir o seu programa de ajustamento, ouvimo-lo também candidamente dizer que vai pedir à roika mais um ano para consolidar o défice”, afirmou o líder do grupo parlamentar socialista, Carlos Zorrinho, em declarações aos jornalistas no Parlamento.

Esta manhã, o primeiro-ministro admitiu a possibilidade de Portugal ter mais um ano para rever as metas do défice e reafirmou que o Governo não quer nem mais tempo nem mais dinheiro para cumprir o programa de ajustamento.

“Portugal não quer mais tempo nem mais dinheiro para cumprir o seu programa de ajustamento. Nós tencionamos concluir o programa de assistência económica até junho de 2014 com o envelope financeiro que estava destinado desde o início”, disse Pedro Passos Coelho.

Numa declaração a propósito das afirmações do primeiro-ministro, Carlos Zorrinho questionou as intenções do Governo.

“Afinal o que é quer o primeiro-ministro? Quer fazer de todos nós tolos, os portugueses têm direito à verdade e à credibilidade e o senhor primeiro-ministro tem que assumir que as suas políticas falharam rotundamente, dizer e desdizer-se sobre a mesma matéria no mesmo momento não é forma de inocular credibilidade e confiança na sociedade portuguesa”, declarou.

O líder parlamentar do PS argumentou ainda que o Governo apenas quer mais um ano para continuar “a fazer os mesmos erros que fez até aqui”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/ps-primeiro-ministro-perdeu-o-sentido-da-realidade

Artigos relacionados

Últimos artigos