3.4 C
Bruxelas
5 Dezembro 2022

PS exige explicações a José Cesário sobre as propinas

Clique para ampliar O grupo parlamentar do Partido Socialista acaba de fazer um requerimento no sentido de solicitar ao Secretário de Estado das Comunidades que explique ao parlamento a situação do ensino paralelo de língua portuguesa no estrangeiro.

No requerimento apresentado por Paulo Pisco e Maria de Belém Roseira, pode ler-se que os deputados socialistas temem “uma redução do número de alunos inscritos nos cursos paralelos no ensino do Português no estrangeiro” e apontam para que, no pior dos casos, essa diminuição de inscritos seja “de cerca 9000 alunos inscritos relativamente ao ano letivo anterior após adoção das novas regras de pré-inscrição e de imposição de uma propina anual de 120 euros”.

Assim,”o Grupo Parlamentar do Partido Socialista, nos termos regimentais aplicáveis, requer a presença do Senhor Secretário de Estado das Comunidades na Comissão de Negócios Estrangeiros e Comunidades Portuguesas para prestar os devidos esclarecimentos sobre a situação actual e perspectivas futuras do ensino do Português no estrangeiro”.

FONTE: Bomdia.lu

[ Ver artigo relacionado ]
[ Ver artigo relacionado (2) ]
[ Ver artigo relacionado (3) ]

Artigos relacionados

Últimos artigos