2.1 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

PS acusa Governo de fazer “ataque brutal” à classe média

Clique para ampliar O PS acusou nesta quarta-feira o Governo de preparar-se para fazer um “ataque brutal à classe média” com aumentos de impostos e reafirmou o seu voto contra a proposta de Orçamento do Estado para 2013.

A posição foi transmitida pelo deputado socialista Pedro Marques, na sequência do anúncio pelo ministro de Estado e das Finanças, Vítor Gaspar, de medidas de aumento de impostos no âmbito do Orçamento do Estado para 2013.

Para o ex-secretário de Estado dos governos de José Sócrates, as medidas anunciadas por Vítor Gaspar representam “um ataque brutal à classe média e, como tal, o PS só pode reafirmar o seu voto contra a proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2013”.

“O Governo insiste num erro estratégico. A receita de sobredose de austeridade falhou e tudo o que está a acontecer no País é resultado do falhanço dessa política – falhanço porque Portugal não atingiu os objectivos orçamentais, há mais desemprego e mais recessão”, disse.

O ex-secretário de Estado socialista defendeu depois que Portugal precisa de outro processo de ajustamento e observou que Vítor Gaspar não comunicou qualquer medida de apoio ao crescimento económico.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/ps-acusa-governo-de-fazer-ataque-brutal-a-classe-media

[ Governo vai aplicar sobretaxa de 4% aos salários em 2013 ]

[ Greve geral marcada para 14 de Novembro ]

Artigos relacionados

Últimos artigos