17.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Privados fora dos hospitais públicos

Clique para ampliar O ministro da Saúde, Paulo Macedo, garantiu ontem que o exercício de medicina privada nos hospitais públicos, uma prática que não é regulada por nenhum instrumento jurídico, é para acabar.

A garantia surgiu um dia depois de a Entidade Reguladora da Saúde (ERS) ter revelado que várias unidades de saúde pública realizam exames, consultas e cirurgias em regime particular, pondo em causa “os direitos dos utentes”.

“Essa questão é residual e se houver algum tipo de atendimento de doentes privados em hospitais públicos terá de ser de uma forma regulamentada”, garantiu Paulo Macedo, acrescentando que a situação será encarada de forma atenta e com a certeza de que “o que não está regulamentado, não deve continuar”.

Outra das denúncias da ERS é a falta de camas de cuidados continuados e Paulo Macedo garante que, apesar de ser uma questão que tem de ser “muito ponderada” a nível financeiro, vai anunciar a abertura de novas camas na próxima semana.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/saude/privados-fora-dos-hospitais-publicos

Artigos relacionados

Últimos artigos