4.7 C
Bruxelas
29 Novembro 2022

Presidente da República distinguido em Guimarães

Clique para ampliar A “mais alta distinção” da cidade de Guimarães, Capital Europeia da Cultura 2012, vai ser entregue a Cavaco Silva, considerando a Câmara que o Presidente da República assumiu “um papel fundamental nas decisões sobre o processo da construção europeia”.

A atribuição da medalha de ouro da cidade ao atual Presidente da República foi hoje aprovada pelo executivo da Câmara de Guimarães, com o voto contra do vereador da CDU, e será entregue no domingo, “Dia Um de Portugal”, feriado municipal.

Segundo o texto da deliberação aprovada, “há mais de trinta anos que Aníbal Cavaco Silva se dedica à causa pública, sendo parte de um pequeno grupo de homens e mulheres de eleição que marcaram, de forma indelével, a vida democrática portuguesa”.

O executivo liderado pelo socialista António Magalhães considera ainda que nos anos em que Cavaco Silva desempenhou o papel de primeiro-ministro “as relações com o mundo lusófono ganharam maturidade”.

Em 2012, “ano excecional e irrepetível” para Guimarães, que assume o papel de Capital Europeia da Cultura, a “mais alta distinção” da cidade é assim entregue a quem o executivo atribui “um papel fundamental nas decisões sobre o processo de construção europeia”.

A deliberação destaca ainda o curriculum académico, “reputado e respeitado”, de Cavaco Silva e caracteriza os “dez anos” de mandato como primeiro-ministro como anos de “reforço da democracia, de crescimento económico e de desenvolvimento social”.

Aníbal Cavaco Silva teve o primeiro cargo de “relevância política nacional” no VI Governo Constitucional, nos anos de 1980 e 1981, como ministro das Finanças e do Plano, tendo assumido a presidência do PSD em 1985.

Em novembro de 1985 foi nomeado primeiro-ministro de Portugal, lugar que ocupou até outubro de 1995.

Em 2006 foi eleito Presidente da República pela primeira vez, cargo que exerce atualmente.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos