1.6 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Portugueses casam menos e mais tarde

Clique para ampliar O número de casamentos voltou a baixar em 2011, aumentou a idade média para casar e diminuiu a proporção de famílias com filhos, segundo os indicadores sociais do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados esta quinta-feira.

Relativamente a 2010, foram celebrados menos 9,9% de casamentos em 2011, tendo as uniões religiosas diminuído 15% e os civis 6,2%, que inclui os casamentos celebrados entre pessoas do mesmo sexo (324).

A idade média ao primeiro casamento continuou a aumentar, situando-se em 31 anos para os homens e 29,5 anos para as mulheres. No ano anterior estes valores eram, respectivamente, de 30,8 e 29,2 anos.

Em 2011, foram decretados 26.751 divórcios respeitantes a casais residentes em Portugal, informa o INE, que traça “um retrato social de Portugal” nos últimos anos.

Os dados do INE indicam que, aproximadamente, metade das famílias eram constituídas por uma ou duas pessoas e cerca de 75% tinham, no máximo, três pessoas.

A proporção de famílias com filhos continuou a descer, representando 55,2% do total de famílias em 2011, menos 0,2 pontos percentuais (p.p.) relativamente ao ano anterior.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/portugueses-casam-menos-e-mais-tarde133939137

Artigos relacionados

Últimos artigos