18.8 C
Bruxelas
19 Agosto 2022

Portugal brilha na Taça da Europa

Clique para ampliar A portuguesa Sara Moreira voltou a vencer a Taça da Europa de 10.000 metros, repetindo o triunfo do ano passado, com a seleção masculina a terminar no segundo lugar coletivo e a feminina no terceiro.

Sara Moreira teve um final muito forte e deixou a britânica Jo Pavey, segunda classificada, a quase sete segundos, melhorando seu recorde pessoal, ao gastar 31.25,51 minutos, e confirmando o seu mínimo olímpico.

O seu anterior recorde pessoal tinha sido obtido na edição da Taça da Europa de há dois anos, na qual fora terceira, com 31.26,55 minutos.

Pavey gastou 31.32,22 minutos e Christelle Daunay foi terceira, com um novo recorde de França – 31.35,81.

Coletivamente, Portugal, que completou a equipa com Ana Dias (oitava) e Leonor Carneiro (13.ª), foi terceiro, entre as cinco seleções classificadas.

A prova masculina foi ganha pelo turco Polat Arikan, com 27.56,28 minutos, e apenas o espanhol Ayad Lamdassem, com 28.04,22, conseguiu o mínimo B olímpico (28.05), numa prova em que Rui Pedro Silva, na sexta posição, foi o melhor português.

A Espanha dominou coletivamente, com três atletas entre os quatro primeiros, mas Portugal conseguiu o segundo lugar, graças a Rui Pedro Silva (28.36,32 minutos), Yousef el Kalai (nono, em 28.46,64) e José Rocha (10.º, em 28.50,38).

A França fechou o pódio, com mais 20 segundos do que Portugal, numa corrida em que se classificaram sete seleções.

Classificações:

– Femininos:

1. Sara Moreira, Por 31.25,51 minutos.

2. Jo Pavey, GB 31.32,22.

3. Christelle Daunay, Fra 31.35,81.

4. Sabina Mockenhaupt, Ale 31.36,76.

5. Nádia Ejjafini, Ita 31.45,14.

8. Ana Dias, Por 32.20,89.

13. Leonor Carneiro, Por 33.06,86.

23. Ana Ferreira, Por 33.36,53.

Doroteia Peixoto e Mónica Silva desistiram.

Por equipas (soma das três melhores atletas):

1. Grã-Bretanha 1:36.25,47 horas.

2. Itália 1:36.40,13.

3. Portugal 1:36.51,26.

4. Bielorrússia 1:40.12,66.

5. Espanha 1:40.17,54.

– Masculinos:

1. Polat Arikan, Tur 27.56,28 minutos.

2. Ayad Lamdassem, Esp 28.04,22.

3. Carles Castillejo, Esp 28.07,50.

4. Manuel Penas, Esp 28.33,99.

5. Stefano la Rosa, Ita 28.34,54.

6. Rui Pedro Silva, Por 28.36,32.

9. Yousef el Kalai, Por 28.46,64.

10. José Rocha, Por 28.50,38.

19. Luís Pinto, Por 29.37,52.

20. José Ramos, Por 29.38,73.

Ricardo Ribas desistiu.

Por equipas (soma dos três melhores atletas):

1. Espanha 1:24.45,71 horas.

2. Portugal 1:26.13,39.

3. França 1:26.33,60.

4. Itália 1:27.14,69.

5. Suécia 1:28.11,50.

6. Dinamarca 1:28.41,14.

7. Turquia 1:28.55,89.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos