19 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Pinto da Costa: “Chegámos à final sem batota nem golos com a mão”

Clique para ampliar Na partida desta segunda-feira para a final da Liga Europa em Dublin com a comitiva do FC Porto, o presidente portista mostrou-se optimista em conquistar mais um troféu, valorizando o facto de esta ser a quinta final europeia no seu mandato e, claro, não se esquecendo do seu rival de estimação: o Benfica.


“Há anos históricos do FC Porto. Estou feliz porque esta é a quinta final europeia nos meus mandatos e espero que não seja a última”, disse. Adiantando que espera fazer da final mais uma vitória. “As finais são para ganhar. Estou totalmente confiante, muito tranquilo, porque o FC Porto já ganhou em sítios muito difíceis e este é apenas mais um”, referiu.

Sobre a afirmação de os bracarenses serem um adversário mais difícil que o Benfica, o presidente dos portistas justificou-se. “Mantenho a afirmação que é mais difícil jogar com o Sp. Braga do que com o Benfica. Teoricamente é sempre mais difícil jogar com a equipa que passa do que contra a eliminada”, destacou.

E não resistiu em deixar (nova) bicada aos “encarnados”, lembrando a mão de Vata que eliminou o Marselha nas meias-finais na Luz e qualificou o Benfica para a final da Taça dos Campeões em 1990.

“Nós também chegámos à final sem precisar de batota e nem de golos com a mão”, afirmou.

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos