25.5 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Pensão vitalícia de 105 mil euros

Clique para ampliar A fundadora do grupo Grão Pará tem uma pensão vitalícia de 105 mil euros anuais.

Está consagrado nos estatutos da empresa que “os administradores com, pelo menos, 40 anos de exercício de funções de administração, seguidos ou interpolados, terão direito, ao cessarem as suas funções, a uma pensão vitalícia de reforma por velhice ou invalidez, a cargo da sociedade, a qual corresponderá à maior remune-ração percebida por um administrador efetivo”.

Foi ao abrigo desta norma específica que os administradores decidiram atribuir a Fernanda Pires da Silva uma pensão vitalícia de 7500 euros por mês, a ser paga em 14 vezes por cada ano.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/economia/pensao-vitalicia-de-105-mil-euros

Artigos relacionados

Últimos artigos