3.4 C
Bruxelas
5 Dezembro 2022

Passos quer adiar a remodelação

Clique para ampliar O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, não deve avançar já com mexidas no Executivo. Fontes próximas do chefe do Governo garantem que qualquer mexida agora iria fragilizar o PSD dentro do Governo, e Passos Coelho diz que não faz remodelações “a pedido”.

O primeiro-ministro vai aguardar pela decisão do Tribunal Constitucional e pela frente tem ainda, durante o mês de abril, de negociar as “maturidades”. Ou seja, vai ter de gerir a negociação com os credores internacionais sobre os valores que Portugal terá de pagar pelo dinheiro emprestado. Outra questão será a apresentação do chamado ‘documento de estratégia orçamental’ e o guião dos cortes de quatro mil milhões de euros, dossiê que está nas mãos de Vítor Gaspar e de Paulo Portas.

As próximas semanas serão por isso decisivas para o Governo, agora confrontado com uma exigência do CDS “que não deixa de ser um incómodo para os social-democratas”,segundo referiu ao CM ,fonte do PSD. Paulo Portas também deixou outra crítica ao Executivo sobre “o que considera serem ainda demasiado exigentes as metas para os défices de 2014 e 2015”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/passos-quer-adiar-a-remodelacao

[ Secretário de Estado da Economia abandona Governo ]

Artigos relacionados

Últimos artigos