1.8 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Passos: Problema está na dívida

Clique para ampliar Primeiro-ministro diz que há um “mito” de que “o Governo só não costa nos juros se não quiser”.

O primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, defendeu esta quarta-feira que o problema do país “não está nas taxas de juro, mas na dívida” acumulada e que para Portugal “ganhar qualidade creditícia” as contas “têm de bater certo”.

“Há um mito que se instalou e eu gostaria de deixar um contributo para o afastar, que é o de que o Governo só não corta nos juros se não quiser”, declarou Passos Coelho.

O chefe do Governo discursava num encontro com os Trabalhadores Sociais-Democratas (TSD) a propósito das comemorações do Dia do Trabalhador, num hotel em Lisboa.

Pedro Passos Coelho advertiu que é preciso “encontrar um entendimento sobre a realidade e não sobre a ficção” e que, “se fosse em razão dos juros”, o país devia “preferir ficar a vida inteira sob a assistência económica e financeira”, já que nunca pagou “juros tão baixos”.

“Nós pagámos em 2012 qualquer coisa como 7,5 mil milhões em juros de dívida pública, foi o maior programa orçamental, mais do que a saúde, a educação e a segurança social, mas nunca as taxas de juro foram tão baixas em Portugal. Não é preciso, portanto, dominar grande aritmética para perceber que o problema não está na taxa de juro, mas na dívida, que é grande”, sustentou.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/passos-problema-esta-na-divida

Artigos relacionados

Últimos artigos