21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Papa Bento XVI criticou novos conceitos da família

Clique para ampliar O papa Bento XVI criticou esta sexta-feira muito duramente os novos conceitos diferentes da família baseada na união entre um homem e uma mulher, afirmando que “na luta pela família, o próprio ser humano está em jogo”.

No discurso de fim de ano à Curia Romana, o papa Bento XVI citou longamente o grande rabino de França, Gilles Bernheim, que em Outubro criticou o projecto de lei do Governo socialista francês sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo, que inclui a possível adopção de crianças.
O papa recordou o “tratado cuidadosamente documentado e profundamente tocante” do rabino Bernheim.

O tratado “mostrou que o ataque à autêntica forma da família, constituída por um pai, uma mãe e filhos – um ataque ao qual hoje estamos expostos – alcança uma dimensão ainda mais profunda. Se até agora vimos como causa da crise da família um mal-entendido sobre a essência da liberdade humana, torna-se claro agora que está em jogo a visão do próprio ser humano, do que é que significa na realidade o facto de ser uma pessoa humana”, disse.

“Os filhos perderam o lugar que tinham até agora e a dignidade particular que lhe era própria.
Bernheim mostra como, de sujeitos jurídicos próprios independentes, os filhos se tornaram agora necessariamente um objecto, ao qual se tem direito e que, como objecto de um direito, se pode procurar”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/papa-bento-xvi-criticou-novos-conceitos-da-familia

Artigos relacionados

Últimos artigos