4.7 C
Bruxelas
30 Novembro 2022

Pais e alunos exigem requalificação de escola de Azeitão

Clique para ampliar Encarregados de educação e alunos da escola básica 2-3 de Azeitão, em Setúbal, realizaram hoje um cordão humano para exigirem a requalificação do estabelecimento de ensino, que foi afetado pelo mau tempo de 19 e 20 de janeiro.

“Queremos a colocação de monoblocos para que os alunos tenham aulas em condições. O amianto da cobertura de um dos blocos ficou exposto e isso constitui um perigo para todos os que frequentam a escola”, disse à agência Lusa a presidente da Associação de Pais, Iolanda Rebelo.

“A escola não tem condições — é provisória há 38 anos”, acrescentou, salientando que há várias turmas que estão a ter aulas na biblioteca e no refeitório.

A presidente da Associação de Pais garantiu ainda que tem havido contactos com o Ministério da Educação, que se comprometeu a fazer a obras e a retirar o amianto do bloco que ficou mais afetado pelo mau tempo e não em toda a escola, como pretende a associação.

“O Governo está a desviar da Educação e da Saúde cerca de quatro mil milhões de euros para tapar o buraco do BPN, mas devia preocupar-se em resolver situações como a que se verifica nesta escola, onde há o risco de milhares de crianças virem a ter problemas de saúde dentro de alguns anos”, referiu ainda Iolanda Rebelo.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/pais-e-alunos-exigem-requalificacao-de-escola-de-azeitao

Artigos relacionados

Últimos artigos