4.7 C
Bruxelas
30 Novembro 2022

ONU aprova elevação da Palestina a Estado observador não-membro

Clique para ampliar A Assembleia-Geral das Nações Unidas aprovou hoje uma resolução para a elevação do estatuto da Palestina a Estado observador não-membro.

A resolução foi aprovada com 138 votos a favor, nove votos contra e 41 abstenções.

Ao contrário do que ocorre no Conselho de Segurança, nenhum dos países membros da Assembleia-Geral tem direito de veto e bastava uma maioria simples para que a resolução seja aprovada.

Antes da votação, os palestinianos referiram contar com o voto favorável de 140 dos 193 países membros da Assembleia-Geral.

Com a elevação do estatuto, os palestinianos pretendem reforçar a sua posição, depois de mais de dois anos de impasse nas negociações de paz, e abrir a possibilidade de aderir a organismos da ONU como o Tribunal Internacional de Justiça, onde podem tentar processar Israel.

Receiam, por outro lado, sofrer retaliações financeiras ou diplomáticas, como ocorreu há um ano, depois de a Palestina ter sido aceite como membro da UNESCO.

Israel e os Estados Unidos tinha já anunciado o voto contra, por considerarem que os palestinianos devem negociar primeiro e abster-se de ações unilaterais.

LUSA

Artigos relacionados

Últimos artigos