25.5 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Obama defende Estado Social

Clique para ampliar Barack Obama tomou esta segunda-feira posse para o segundo mandato como presidente dos Estados Unidos, com um apelo para a unidade de todos os norte-americanos, elevação do debate político e defesa veemente do Estado social.

No seu discurso de tomada de posse no Capitólio, em Washington, perante perto de 600 mil pessoas concentradas na alameda que se estende por três quilómetros, Obama defendeu que “as escolhas difíceis para reduzir o custo dos cuidados de saúde e do défice”, não podem deixar desprotegidas as próximas gerações.

“Os compromissos que fazemos uns com os outros – através do Medicare e Medicaid [programas de assistência de saúde para idosos e mais pobres, respetivamente] e Segurança Social – não tolhem a nossa iniciativa, fortalecem-nos. Não nos tornam uma nação de dependentes, libertam-nos para tomar os riscos que tornam grande este país”, disse o 44.º Presidente dos Estados Unidos.

Perante o juiz-presidente do Supremo Tribunal de Justiça, John Roberts, Obama leu o juramento inscrito na Constituição norte-americana, às 12h00 de Washington (17h00) de Lisboa, com a mão sobre duas bíblias.

O mote do discurso de tomada de posse foi “nós o povo”, primeiras palavras da Constituição norte-americana, numa defesa da igualdade de direitos e oportunidades, em particular para mulheres, homossexuais e emigrantes, e da necessidade de “ação coletiva”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/internacional/mundo/obama-defende-estado-social

[ Barack Obama envelhece ao longo de 2500 fotos ]

Artigos relacionados

Últimos artigos