2.6 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

O furacão conservador (vídeo)

Clique para ampliar Faleceu durante o sono, vítima de um acidente vascular cerebral, na madrugada de ontem. Tinha 87 anos e há mais de dez que sofria de perturbações de memória, reveladas pelos filhos, que não lhe permitiam falar em público. O estilo furacão com que mudou o Reino Unido nos anos 80 perdurou como motivo de polémica política. Por vontade da família, não terá funerais nacionais, mas apenas honras militares.

Margaret Thatcher foi a primeira mulher e até agora a única a liderar o governo no Reino Unido. Foi também a primeira a ganhar desde há mais de um século três eleições legislativas consecutivas. Chegou ao poder em 1979, com uma maioria eleitoral de 43,9% dos votos e nunca baixou dos 42%, apesar dos seus governos serem associados a muitas dificuldades para os britânicos.

Começou por ser ministra da Educação e Ciência durante quatro anos (1960-64), num governo conservador chefiado por Edward Heath, mas as suas ideias só ficaram famosas em 1979. O Mundo vivia uma grave crise económica ligada ao petróleo, os EUA fraquejavam diante dos ‘ayatholahs do Irão, mas ela garantia capacidade de governo. “Para uma mulher que conhece os problemas do governo de uma casa, é de certeza mais fácil governar um país”, dizia. Ainda antes do ‘segundo homem da sua vida (como se chama a Ronald Reagan) chegar a presidente dos EUA, já ela avançava com o seu triplo programa conservador: desregular os mercados financeiros, flexibilizar o mercado de trabalho e emagrecer o Estado com privatizações. Sempre convicta de que fazia o melhor para o país.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/atualidade/o-furacao-conservador090300960

Artigos relacionados

Últimos artigos