3 C
Bruxelas
5 Dezembro 2022

O anúncio da Alfa Romeo que foi censurado em Espanha

Clique para ampliar O anúncio é exibido há vários meses em Portugal, mas em Espanha houve quem o achasse sexista. A marca automóvel italiana agiu preventivamente e retirou-o do ar.

«Olha-me, toca-me, incita-me, provoca-me, seduz-me, controla-me, protege-me, grita-me, relaxa-me». O texto da versão espanhola do anúncio do Alfa Romeo Giulietta é composto por estes nove verbos (a versão portuguesa, apresentada acima, é diferente), mas o Instituto da Mulher, um organismo público, contesta fortemente a utilização de dois deles.

«Grita-me» e «controla-me», argumenta o instituto, promovem «a violência de género» e a ideia de que «é normal gritar e controlar uma mulher».

A queixa foi dirigida por carta à companhia automóvel, que no passado dia 14 decidiu suspender a campanha publicitária, apesar de sublinhar que não recebeu qualquer queixa durante os vários meses em que o anúncio foi exibido.

Nas edições online dos principais diários espanhóis, a esmagadora maioria das críticas são dirigidas ao Instituto da Mulher e não à Alfa Romeo. E na era da austeridade, são vários os leitores que sugerem a extinção do instituto.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos