6.5 C
Bruxelas
6 Dezembro 2022

Morreu neto de Calouste Gulbenkian

Clique para ampliar O presidente honorário da Fundação Calouste Gulbenkian, Mikhael Essayan, morreu esta madrugada, em Londres, com 85 anos, revelou fonte da instituição à agência Lusa.

Nascido em 1927, Mikhael Essayan era neto de Calouste Gulbenkian, criador da Fundação com sede em Lisboa, na qual foi administrador entre 1981 e 2005, tendo sido sucedido, nesse cargo, pelo filho, Martin Essayan, acrescenta a nota de imprensa da fundação.

Mikhael Essayan foi advogado, trabalhou na Iraq Petroleum Company, em Londres e no Médio Oriente, e foi membro do Conselho Geral da Ordem dos Advogados britânicos.

Foi Conselheiro da Rainha (Queens Counsel), era doutorado Honoris Causa pela Academia Nacional das Ciências da Arménia e, em Portugal, foi distinguido com a Ordem do Mérito e com a Grã-Cruz da Ordem do Infante.

“Neste momento de profundo pesar, o Conselho de Administração da Fundação salienta a elevada dedicação, competência e integridade com que Mikhael Essayan honrou a Fundação Calouste Gulbenkian, que serviu ao longo de 30 anos”, relata a nota.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/morreu-neto-de-calouste-gulbenkian

Artigos relacionados

Últimos artigos