11.2 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Ministra garante apoio de 75% às produções destruídas

Clique para ampliar A ministra da Agricultura e do Mar, Assunção Cristas, garantiu nesta segunda-feira que a comparticipação para os agricultores que ficaram com as suas plantações destruídas – devido ao mau tempo – pode ir até aos 75 por cento a fundo perdido.

Os agricultores podem recorrer ao PRODER, uma medida que “tem um grau de comparticipação mais elevado do que é normal – 75 por cento”, explicou Assunção Cristas sublinhando que estes fundos agrícolas europeus visam “dar apoio à agricultura para reposição da capacidade reprodutiva”.

A ministra esteve na Póvoa de Varzim e visitou uma das explorações agrícolas que, durante o fim de semana, foi fustigada pelo mau tempo.

O proprietário da produção ficou com as suas estufas “destruídas quase na totalidade”, o que representa um investimento de cerca de “60 mil euros”, explicou aos jornalistas.

Além dos “plásticos e das estruturas terem sido arrasados pelo vento”, também “ficou comprometida a produção que ia sair agora para os mercados, assim como o que iria ser plantando nos meses de verão”, explicou ainda Miguel Junqueira que, sem os apoios prometidos, terá que “abandonar” o negócio.

Já o presidente da ‘Horpozim’, a associação que representa os horticultores da Póvoa de Varzim, espera que “a simpatia da ministra se traduza em atos” e que “os apoios cheguem rapidamente”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/ministra-garante-apoio-de-75-as-producoes-destruidas

[ Ondas de 19 metros ao largo da Nazaré ]

Artigos relacionados

Últimos artigos