21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Militares lançam apelo a Cavaco

Clique para ampliar Os militares acreditam que o alívio da austeridade pode estar nas mãos do Presidente da República e, por isso, vão solicitar a Cavaco Silva que, na qualidade de Comandante Supremo das Forças Armadas, peça a fiscalização preventiva do Orçamento do Estado para 2013. Ainda como forma de luta, agendaram uma concentração na Praça do Município, em Lisboa, para 10 de Novembro.

Estas decisões saíram de um encontro promovido pelas três associações socioprofissionais de militares (AOFA, ANS e AP), no qual participaram cerca de 500 militares. “Foi um encontro positivo, do qual saímos com vontade de dar continuidade à luta contra o mal–estar”, afirmou ao CM o presidente da Associação Nacional de Sargentos, Lima Coelho, considerando que “é contra as medidas que os sucessivos governos impõem aos portugueses que temos de marchar”.

Foi neste sentido que os militares decidiram também “mandatar as direcções das três associações para todas as medidas necessárias na defesa de princípios e valores”. Apesar do visível descontentamento, o ministro da Defesa Nacional, José Pedro Aguiar-Branco, recusou que haja um clima de crescente contestação nas Forças Armadas. O presidente da Associação de Oficiais das Forças Armadas (AOFA), Pereira Cracel, considerou que Aguiar-Branco “não deve ter vergonha na cara”.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/politica/militares-lancam-apelo-a-cavaco

Artigos relacionados

Últimos artigos