1.8 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Metro de Lisboa justifica perda de passageiros com crise

Clique para ampliar O Metro de Lisboa justificou esta quinta-feira a contracção da actividade económica do país a perda de 14,8 por cento de passageiros no terceiro trimestre deste ano, segundo dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

“A procura de transporte público está claramente associada aos ciclos económicos e a redução da mobilidade é uma consequência natural desse fenómeno”, disse fonte do Metro à agência Lusa.

A extensão ao Aeroporto, com as três novas estações, “superou largamente as expectativas da empresa, com mais de 1,63 milhões de passageiros transportados no primeiro trimestre de exploração (de 17 de Julho a 17 Setembro) face ao número inicialmente estimado de cerca de 400 mil novos passageiros/mês”, acrescentou ainda a mesma fonte.

O Metro de Lisboa perdeu 14,8 por cento de passageiros no terceiro trimestre, o que significa menos 6,2 milhões de pessoas transportadas entre Julho e Setembro, um período em que se registaram também quedas expressivas no transporte fluvial e ferroviário.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/metro-de-lisboa-justifica-perda-de-passageiros-com-crise

Artigos relacionados

Últimos artigos