9.9 C
Bruxelas
28 Novembro 2022

Manuel Bento: A emigração mudou

Clique para ampliar Um dos candidatos pelo Bloco de Esquerda às legislativas de 5 de Junho, é Manuel Bento. O número dois da lista do BE vive no Luxemburgo desde 1979, é presidente da associação Les Amis du 25 avril e vice-presidente da câmara dos assalariados do Grão-Ducado e nasceu na Chamusca há 53 anos.


“Os portugueses têm de participar nesta eleição porque é de extrema importância”, começa por dizer ao BOMDIA Manuel Bento. Para este experiente emigrante, “a emigração mudou e, por isso, as políticas da emigração têm de ser revistas”. Bento defende, tal como o seu partido que as actuais estruturas “não estão prontas para ajudar os licenciados que emigram e que têm outros problemas”.

“Mas apoiar os jovens licenciados não significa esquecer os outros”, defende o candidato luxotuga do BE: “é preciso dar uma certa atenção aos idosos, que têm sido esquecidos”.

E que mais quer o BE para as eleições de 5 de Junho? “Já somos a terceira força política na emigração”, explica Manuel Bento, “agora queremos melhorar o resultado de 2009”. manuel bento foi cabeça de lista nesse acto eleitoral, sendo agora o número dois, deixando a liderança a uma candidata de Paris, Cristina Semblano, de 55 anos, em França desde 1972, que exerce como economista.

O BE defende ainda o recenseamento automático, “que seria a única forma de motivar os portugueses a participarem nas eleições”, diz Bento, acrescentando que “infelizmente os quatro deputados da emigração não contam”.

Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos