25.5 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Mais de 650 mortos no Bangladesh

Clique para ampliar Pelo menos 2437 pessoas foram resgatadas com vida do edifício que desabou a 24 de abril num subúrbio de Daca, capital daquele país.

O número de mortos no pior acidente industrial do Bangladesh ultrapassou esta segunda-feira os 650, depois de dezenas de corpos serem retirados dos escombros do prédio onde funcionavam cinco fábricas de roupa, informou o exército.
O major Manzur Elahi, do gabinete criado pelo exército para coordenar a operação de socorro após o acidente de 24 de abril, disse à AFP que o balanço é agora de 654 mortos e deverá ainda aumentar.

O edifício de nove andares, onde operavam cinco fábricas de roupa que forneciam conhecidas marcas ocidentais, desabou a 24 de abril num subúrbio de Daca, com mais de 3000 pessoas no interior.

Pelo menos 2437 pessoas foram resgatadas com vida, disse Elahi.

Hoje, ao 12.º dia, centenas de familiares juntaram-se em volta do local onde gruas e ulldozers trabalhavam numa montanha de betão e aço dobrado.

Os corpos recuperados estão desmembrados e em decomposição, o que está a atrasar a identificação das vítimas. Algumas foram identificadas pelos telemóveis que tinham nos bolsos ou pelos cartões de identificação das fábricas onde trabalhavam.

Os militares e bombeiros que estão a trabalhar nos escombros são obrigados a usar máscaras e ambientadores porque o cheiro é já muito intenso, disse o major Delwar Hossain à AFP.

Os resultados preliminares de um inquérito ordenado pelo governo às causas do acidente indicam que as vibrações provocadas por quatro potentes geradores colocados nos andares superiores do edifício terão provocado o colapso.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/mais-de-650-mortos-no-bangladesh

Artigos relacionados

Últimos artigos