21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Mais de 11 mil vagas na 2ª fase

Clique para ampliar Candidataram-se mais de 17 mil estudantes. 9211 novos alunos conseguiram entrar para a faculdade. Em 78 cursos não houve colocações.

Sobraram 11 648 vagas no final da 2ª fase do concurso nacional de acesso ao ensino superior. As universidades e institutos politécnicos disponibilizaram um total de 23 086 lugares. Segundo os dados do Ministério da Educação e Ciência (MEC), foram colocados 11 486 alunos no final da 2ª fase, dos quais 9211 são novos estudantes. Os restantes são alunos já matriculados após a 1ª fase do concurso.

Os 17 363 estudantes candidatos ao ensino superior na 2ª fase representam uma quebra de 1486 em relação a 2012. Uma diminuição que acompanha o número de candidatos à 1ª fase: quase menos cinco mil do que no ano passado.

O cada vez menor número de alunos no ensino superior fica igualmente bem expresso ao comparar o final da 2ª fase de 2012 com 2013. O Instituto Politécnico de Tomar perdeu 34 por cento dos estudantes, seguindo-se o Politécnico de Beja, com uma redução de 28 por cento. O Instituto Politécnico de Castelo Branco e a Universidade do Algarve perderam ambos 20 por cento dos alunos.

Em relação à média de entrada, o último aluno a ser colocado no curso de Medicina da Universidade do Porto fê-lo com 188,3 pontos, mais 7,3 do que o último colocado na 1ª fase do concurso. A Faculdade de Medicina da Universidade do Porto disponibilizou quatro vagas para o segundo período de candidaturas. Foram todas ocupadas, tal como em outros 541 cursos de institutos politécnicos e universidades.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/mais-de-11-mil-vagas-na-2-fase

Artigos relacionados

Últimos artigos