2.6 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Legislativas: PS apela ao votos dos imigrantes e promete modernização dos consulados

O secretário-geral adjunto do PS apelou hoje ao voto dos emigrantes na repetição das eleições legislativas no círculo da Europa e prometeu a modernização dos consulados, de modo a facilitar a relação com a administração pública portuguesa.

Num vídeo, José Luís Carneiro apelou à participação eleitoral “na escolha dos deputados que representarão, em termos futuros, a Europa no parlamento português”.

“Pedia que o fizessem até ao dia 12 de março. Até essa data enviem para Portugal os boletins de voto e façam-no, enviando a cópia do cartão de cidadão. Queria pedir-vos que participem neste ato eleitoral, porque sei que podem confiar no PS e no Governo liderado por Dr. António Costa”, afirmou o socialista.

José Luís Carneiro destacou ainda algumas medidas prioritárias dirigidas aos emigrantes, uma das quais “os esforços que têm vindo a ser feitos para melhorar e modernizar os serviços consulares”.

“Essa é mesmo a primeira prioridade da nova legislatura: aproximar os serviços consulares dos cidadãos, modernizando esses serviços, melhorando o atendimento e garantindo que, por intermédio da sua modernização, muitos dos assuntos que hoje são tratados presencialmente nos serviços consulares possam ser tratados a partir de casa, a partir de um computador, a partir de um telemóvel, por forma a facilitar e a agilizar a relação com a administração pública portuguesa”, afirmou o secretário-geral adjunto do PS na mensagem em vídeo.

Outras das medidas avançadas é o “reforço das condições de ensino da língua portuguesa, quer melhorando a vida dos professores quer melhorando as condições de aprendizagem dos alunos”, assim como o “reforço dos meios de apoio ao movimento associativo”.

“Peço, por isso, que confiem nos nossos candidatos e candidatas liderados por Paulo Pisco e que votem no PS”, rematou.

Os eleitores do círculo da Europa vão ser chamados a votar novamente para as legislativas, após o Tribunal Constitucional declarar a nulidade das eleições legislativas nestas assembleias, na sequência da anulação de 80% de votos.

Mais de 157 mil votos dos eleitores do círculo da Europa foram anulados após, durante a contagem, terem sido misturados votos válidos com inválidos, não acompanhados de cópia do documento de identificação, como exige a lei.

A Comissão Nacional de Eleições deliberou que a repetição da votação presencial no círculo da Europa terá lugar dias 12 e 13 de março e os votos por via postal serão considerados recebidos até 23.

Artigos relacionados

Últimos artigos