21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Jesualdo entra com pé direito

Clique para ampliar Jesualdo Ferreira estreou-se ontem, em Alvalade, com uma vitória no comando técnico do Sporting, frente ao Paços de Ferreira, por 1-0, na 3ª e última jornada da fase de grupos da Taça da Liga, resultado que em termos práticos de nada valeu aos leões, já afastados da competição – mas que arredou os pacenses das meias-finais da prova.

O Sporting passou cerca de 60 minutos num quase absoluto deserto de ideias – apenas um remate perigoso de Jeffrén ao poste, numa equipa sem fio de jogo, a viver de ténues iniciativas individuais. Já o Paços jogou um pouco à imagem do que conseguira no sábado, quando venceu em Alvalade para a a Liga (1-0). Futebol bem articulado a meio–campo mas falta de objetividade nas saídas para o ataque – apenas um remate com sinal de golo, do extremo Caetano, mas bem defendido por Marcelo Boeck.

A partir dos 60 minutos, porém, o Sporting ganhou novo fôlego, com a excelente entrada em campo de Zezinho, que imprimiu maior velocidade e intensidade à equipa. Com o médio da formação B no lugar de Adrien Silva, os verdes-e-brancos despertaram, mas ainda sofreram um susto quando Poulson obrigou Marcelo Boeck a fazer uma boa defesa. Depois, os locais instalaram-se na área pacense. Labyad e Wolfswinkel piscaram o olho ao golo, que chegou à terceira, num cabeceamento perfeito do avançado holandês, a centro de Capel na direita.

A vitória pode ser um bálsamo para o resto da época, mas o final da partida voltou a ser marcado por cânticos dos adeptos leoninos a pedirem a demissão do presidente do clube, Luís Godinho Lopes.

[ FC Porto apurado para as meias-finais ]

[ Reviravolta no marcador dá vitória ao Benfica ]

Artigos relacionados

Últimos artigos