3.8 C
Bruxelas
8 Dezembro 2022

Inalar insulina em vez de injetar

Clique para ampliar O aparelho cabe na palma da mão e terá um custo semelhante ao das canetas.

Os doentes com diabetes vão poder inalar insulina em vez de a injetar. O inalador, denominado Afrezza, cabe na palma da mão e será comercializado no segundo trimestre de 2014. Mas, para já, é uma novidade apenas para o mercado norte-americano.

De acordo com informações do fabricante, a MannKind, o aparelho nos Estados Unidos da América terá um custo semelhante ao das injeções ou canetas, cerca de 1489 euros anuais.

A empresa espera que os doentes prefiram inalar a insulina em vez de a injetar.

Em 2007, a farmacêutica Pfizer testou no mercado um produto semelhante, ou pelo menos com o mesmo princípio, o Exubera, que não teve aceitação por parte dos doentes. Dados da Bloomberg Businessweek indicam que entre as razões que ditaram o fracasso do produto estão o preço elevado e o facto de não ser prático e discreto devido ao tamanho.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/saude/inalar-insulina-em-vez-de-injetar

Artigos relacionados

Últimos artigos