16.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

Gaffe da Liga sem castigo

Clique para ampliar O operador da wTVision, empresa de estatísticas que trabalha para a Liga dos Clubes, não vai ser castigado, depois da gaffe no resultado do clássico de domingo (durante algum tempo, o resultado anunciado no site oficial era 3-2, em vez de 2-2).

“Tratou-se de um erro humano de um operador muito experiente, que estava no estádio, na inserção de dados”, disse ao CM Alex Fraser, diretor de tecnologias da empresa, garantindo que o trabalhador não vai ser penalizado. “O evento estatístico recolhido aos 77 correspondente ao remate de Cardozo foi registado inicialmente como um remate ao poste. Na correção, após o final do jogo, foi escolhida a opção golo em vez de remate com defesa”, justificou o responsável da empresa que trabalha com a Liga. Fraser garantiu que o resultado errado só esteve visível no site 30 segundos. O diretor da wTVision disse ao CM que em momento algum existiu a hipótese de cessação da prestação de serviço.

Fonte do órgão que gere o futebol profissional garantiu também que a relação laboral se mantém: “Ao assumir responsabilidades, a wTVision iliba a Liga.” Ontem, a wTVision pediu desculpa à Liga e ao FC Porto.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/desporto/gaffe-da-liga-sem-castigo

[ 20 minutos antológicos e o bilhete ficou pago ]

Artigos relacionados

Últimos artigos