1.8 C
Bruxelas
3 Dezembro 2022

Fúria sadina contra a FPF

Clique para ampliar O Vitória de Setúbal criticou duramente a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) pelo acórdão da entidade a absolver o FC Porto e os jogadores Fabiano (guarda-redes), Abdoulaye (defesa-central) e Sebá (avançado), utilizados num período inferior a 72 horas entre dois jogos (71 horas e 45 minutos) – um da equipa B do FC Porto e outro da Taça da Liga diante do V. Setúbal (dias 6 e 9 de janeiro).

“É incompreensível como a entidade que elabora e aprova os regulamentos e organiza as provas em causa, a Liga Portuguesa de Futebol Profissional, entende que existe violação das normas por si criadas, na competição por si organizada, e os órgãos jurisdicionais da FPF interpretam de forma diversa, baseando-se no espírito da norma em cuja elaboração não tomaram parte”, reagiu o clube sadino.

A interpretação da lei por parte da FPF não deu razão ao recurso do Vitória de Setúbal, que alegava irregularidade na utilização dos três jogadores portistas para continuar na Taça da Liga. Os sadinos discordaram.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/sport/desporto/furia-sadina-contra-a-fpf

Artigos relacionados

Últimos artigos