16.9 C
Bruxelas
18 Agosto 2022

FMI defende ajustamento orçamental em Portugal

Clique para ampliar A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI) defendeu, em carta enviada ao líder do PS, que o ajustamento orçamental em Portugal é necessário, mas que deve ser mantido um equilíbrio com o crescimento e o emprego.

De acordo uma fonte do PS, Christine Lagarde refere – na carta, que responde a uma outra enviada por António José Seguro no passado dia 17 — que a delegação do FMI está em Portugal para apreciar o contexto económico e garantir um equilíbrio correto entre ajustamento e crescimento e emprego.

Num trecho da carta a que a Lusa teve acesso, a diretora do FMI admite, no entanto, que o equilíbrio necessário é difícil de atingir.

A mesma fonte do PS adiantou à Lusa que a diretora do FMI defende também, na carta, que “a sustentabilidade das finanças públicas é essencial para evitar uma crise económica mais profunda que poderia criar ainda mais tensões na sociedade portuguesa” e sublinha que isso é “algo que todos queremos evitar”.

Na carta, a responsável do Fundo Monetário Internacional não faz qualquer referência ao corte de 4 mil milhões de euros nas despesas do Estado.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/fmi-defende-ajustamento-orcamental-em-portugal

Artigos relacionados

Últimos artigos