23.3 C
Bruxelas
13 Agosto 2022

FMI considera que Grécia pode deixar o euro

Clique para ampliar A diretora Executiva do Fundo Monetário Internacional, Christine Lagarde, disse em Paris que existe a possibilidade de uma “saída ordenada” da Grécia da área do euro.

Em entrevista à televisão France 24, Lagarde afirmou: “Se os compromissos não forem cumpridos, há revisões apropriadas para o efeito, nomeadamente acrescentando um financiamento adicional e dar mais tempo aos gregos ou recorrer a mecanismos de saída do euro, o que deve ser feito de forma ordenada.”

A última opção “ficaria extraordinariamente cara e apresentaria grandes riscos, mas isso faz parte das opções técnicas que somos obrigados a fazer”, disse Christine Lagarde.

Entretanto, para o líder socialista grego Evangelos Venizelos, a Grécia deve voltar às urnas para eleições parlamentares, em princípio, dentro de um mês. Isto se não houver acordo entre os líderes dos partidos políticos em um governo de coligação.

“Eles [os gregos] empreenderam grandes reformas, fizeram uma série de sacrifícios. E é lamentável para o povo grego viva hoje num profundo desacordo político”, disse Lagarde.

Esta responsável espera “que uma solução de compromisso venha a ser encontrada e que permita à Grécia entrar numa fase de progresso seguindo um programa que é claro”. Mas que infelizmente, diz, não tem a solução para tudo.

FONTE: Bomdia.lu

[ Merkel e Hollande querem Grécia no euro ]

Artigos relacionados

Últimos artigos