18.8 C
Bruxelas
19 Agosto 2022

Fátima com uma das maiores afluências de sempre

Clique para ampliar O presidente do Conselho Pontifício da Cultura, cardeal Gianfranco Ravasi, exaltou o amor de Deus, perante 300.000 católicos que participam nas cerimónias do primeiro dia da peregrinação de maio ao Santuário de Fátima.

“É um amor que irradia penetrando também nos caminhos obscuros da história, no subsolo do mal e do vício, no espaço do desespero e do ódio”, disse o cardeal italiano na homilia desta noite, acrescentando que “é um amor que se manifestou em Cristo”.

O responsável pelo Conselho Pontifício da Cultura exortou, depois, os fiéis presentes no Santuário a replicarem o amor de Deus, “superando distâncias e diversidades”.

As cerimónias que assinalam os 95 anos da primeira aparição mariana na Cova da Iria, em 1917, estão a ser participadas cerca de 300.000 de peregrinos de 22 países, 35.000 dos quais chegaram ao Santuário a pé.

Subordinadas ao tema “Eis a serva do Senhor”, as celebrações ficaram esta noite marcadas pela tradicional bênção e procissão de velas, com a esplanada do Santuário iluminada por uma imensidão de pequenas chamas.

Após a eucaristia de sábado, seguiu-se uma noite de vigília.

FONTE: Bomdia.lu

Artigos relacionados

Últimos artigos