21.4 C
Bruxelas
17 Agosto 2022

Falta de higiene nos tribunais

Clique para ampliar A luz vai abaixo com frequência, os computadores desligam-se, as casas de banho não têm arejamento, o mobiliário é antiquado e as instalações estão degradadas. É este o panorama de muitos tribunais portugueses, sobretudo no Norte do País.

O levantamento pertence à Associação Sin-dical dos Juízes Portugueses (ASJP), que decidiu mostrar ao cidadão a realidade do sistema de Justiça, no âmbito da iniciativa Tribunal de Porta Aberta. Os piores são o Tribunal do Trabalho de Barcelos, o de Felgueiras e o de Sesimbra.

Dos 26 tribunais analisados, quase todos do círculo de Viana do Castelo, Braga, Guimarães e Barcelos, 15,3% são considerados maus em termos de instalações e meios e 7,6% são medíocres. A avaliação é idêntica em termos de higiene e salubridade: 15% são maus e 11% são medíocres. Quase metade (42%) piorou em termos de segurança e higiene, comparativamente a 2007, ano em que a ASJP elaborou um levantamento idêntico.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/nacional/sociedade/falta-de-higiene-nos-tribunais

Artigos relacionados

Últimos artigos