15 C
Bruxelas
10 Agosto 2022

Évora, Capital do Alentejo

A praça do Giraldo é o ponto de encontro de referência do centro da cidade : quando a noite chega, a cidade-museu transforma-se numa cidade simpática e quase mágica onde se encontram os melhores restaurantes, bares e armazéms para os visitantes.

A região possede um número impressionante de megalíticos que datam de 4.000 a 2.000 a.C.

No séc. II a.C., foi declarada primeira capital da Lusitânia por Sertório. Foi ele que fundou as primeiras escolas onde se ensinava o grego e o latim. Depois de ser vencida pelos Romanos, Évora foi extremamente influenciada pela Romanização como exemplo, a construção do templo Diana( séc. II). Existem cerca de 30 igrejas em Évora testemunhas do fervor que existia no passado.

Em 1165, após a reconquista das terras aos Mouros, foi construída uma catedral imponente que hoje se transformou em museu regional onde se encontram colecções de escultura de todas as épocas..

A cidade era tão popular que passou a ser a segunda cidade do país, também foi um sítio de cultura intensa e em 1559, a velha universidade foi construída. Os diplomas são ainda hoje, distribuídos aos alunos numa capela baróca desde o séc. XVIII.

Ao lado da praça do Giraldo, encontra-se a maior igreja da cidade : a igreja de São Francisco( séc. XVI) que é muito visitada devido à Capela dos Ossos.

© Nós Cá Fora

Artigo anteriorTorre de Belém
Próximo artigoMonumentos a visitar em Lisboa

Artigos relacionados

Últimos artigos