3.8 C
Bruxelas
8 Dezembro 2022

Euro2012: Seleção tem de ser organizada, paciente e saber sofrer

Clique para ampliar A seleção portuguesa de futebol terá de ser organizada, paciente e saber sofrer durante o jogo com a Espanha, na quarta-feira, das meias-finais do Euro2012, diz o selecionador luso, Paulo Bento.

“O jogo vai ter seguramente momentos em que iremos conseguir dominar, não tenho dúvidas em relação a isso. Nós queremos ter a bola, mas sabemos que, do outro lado, está um grupo que tem superado praticamente todas as equipas, logo, nós devemos ter a ambição de a ter, a coragem de os atacar. Sabemos o que queremos e com quem o queremos fazer, o nosso objetivo não é passar o tempo a defender, queremos dividir o jogo com a seleção que é campeã da Europa e do Mundo”, referiu.

Em conferência de imprensa, no estádio Donbass Arena, em Donetsk (Ucrânia), Paulo Bento disse estar certo de que Portugal vai “criar muitos problemas e muitas dificuldades” à seleção espanhola e, admitindo que é o “jogo mais fácil em termos motivacionais”, advertiu para a necessidade de existir equilíbrio emocional, “porque o jogo vai durar 90 ou 120 minutos”: “Sendo que o nosso objetivo é resolvê-lo a nosso favor nos 90 minutos”.

“Tudo passa por gerir da melhor maneira os momentos do jogo”, rematou o técnico, destacando a importância de Portugal ser “paciente” e “saber sofrer” e de encontrar o “melhor momento para atacar e contra-atacar”.

Realçando o poderio do adversário, Paulo Bento recordou que a seleção espanhola “teve dificuldades com a Itália, contra a Croácia e, apesar do domínio, contra a França” e apontou como “arma” a “organização”, que, disse, o deixa “descansado”.

Sem se alongar na alegada vantagem de contar com mais dois dias desde o último jogo que a Espanha, Paulo Bento recusou que esse tema faça “adormecer” e “embalar” a equipa lusa.

O selecionador português rejeitou também que a presença de jornalistas espanhóis na unidade hoteleira da equipa das “quinas” prejudique a preparação para o jogo.

“Nós estamos num hotel escolhido pela UEFA, no qual Portugal vai cumprir os trâmites normais, com treino, descanso e refeições. Nada mudará, falaremos cinco minutos antes de vir para aqui, com a maior motivação, a maior alegria e, da minha parte, com o maior orgulho por estar com jogadores que vão dar tudo para podermos estar em Kiev”, frisou.

Portugal e Espanha vão defrontar-se na quarta-feira, no estádio Donbass Arena, em Donetsk, a partir das 21:45 locais (19:45 em Lisboa), num jogo que vai ser arbitrado pelo turco Cuneyt Çakir.

FONTE: Bomdia.lu

[ Jogo com Espanha é oportunidade para fazer história ]

Artigos relacionados

Últimos artigos