11.2 C
Bruxelas
8 Agosto 2022

Estudos entre Universidade de Coimbra e Brasil dão direito a bolsas

Clique para ampliar A Universidade de Coimbra (UC) anunciou esta quarta-feira a criação de um fundo de investigação e uma bolsa de doutoramento para estudantes que se proponham efetuar dissertações sobre as relações entre aquela instituição e o Brasil.

De acordo com uma nota da UC, a bolsa de doutoramento “evoca o primeiro reitor da Universidade de Coimbra”, Francisco de Lemos Coutinho – que liderou a instituição durante mais de 30 anos (entre 1770 e 1779 e de 1799 a 1821) e foi bispo de Coimbra – nascido no Brasil em Marapicu, Rio de Janeiro.

“A bolsa é de quatro anos e corresponde a 980 euros mensais”, disse à agência Lusa fonte da UC. Já o fundo de investigação, com uma duração anual e dotação de três mil euros, homenageia Manuel de Paiva Cabral, matriculado em Leis no ano de 1577, “primeiro aluno brasileiro” que estudou na Universidade de Coimbra.

As primeiras bolsas vão ser atribuídas a dois estudantes brasileiros: Ediana Ferreira Mendes, que estudou na Universidade Federal da Baía, ruma a Coimbra para desenvolver um projeto de investigação, na Faculdade de Letras intitulado “Formação intelectual e ação episcopal dos arcebispos da Bahia (séculos XVII-XVIII)”. Já Guilherme de Souza Maciel realizará um doutoramento em regime de cotutela com a Universidade de Coimbra na Universidade Federal de Minas Gerais, sobre o tema “Espetáculo da Natureza. A História Natural ao serviço da Coroa portuguesa (1770-1808).

Na nota, José Pedro Paiva, diretor do Arquivo da Universidade de Coimbra, considerou que a criação do fundo e atribuição de bolsas “é um projeto que permite estimular pesquisas históricas”, tendo por base documental privilegiada os acervos guardados no arquivo que dirige.

Ler mais em: http://www.cmjornal.xl.pt/detalhe/noticias/ultima-hora/estudos-entre-universidade-de-coimbra-e-brasil-dao-direito-a-bolsas

Artigos relacionados

Últimos artigos